Café das 10

Mobilidade em Portugal Desde o Início da Fase de Isolamento Social, de Acordo com a Google

Publicado por Macro Makers em 2020-04-23 às 10:00

Mobilidade em Portugal Desde o Início da Fase de Isolamento Social, de Acordo com a Google

A 29 de março de 2020 a Google realizou um relatório de mobilidade em 131 países, entre os quais Portugal, a partir dos dados dos utilizadores que utilizam smartphone com as definições de localização ativadas.

Este relatório permite perceber a mudança de comportamentos dos seus utilizadores, decorrente da propagação da pandemia da COVID-19 e da aplicação das medidas de isolamento social impostas pelo Estado português, ainda antes do Estado de Emergência decretado a 18 de março de 2020.

Conheça as principais conclusões desse estudo, à data de 29 de março de 2020:

  • As pessoas passaram mais tempo em casa

Em média, as pessoas passaram mais 22% de tempo em casa desde o início de março. A subida foi gradual, com oscilações pontuais em períodos que parecem coincidir com o fim-de-semana.

Nos Açores a subida apresentada foi menor - 18%, enquanto que Vila Real foi o distrito onde as pessoas ficaram mais tempo em casa, com uma subida de 33%, embora a Google refira que não conseguiu obter dados suficientes para todos os dias naqueles distritos.

  • As pessoas deslocaram-se menos para os locais de trabalho

Registou-se um decréscimo global de deslocações para os locais de trabalho em 53%, ficando ao mesmo nível dos dias de fim de semana durante uma época normal, tendo sido maior na Madeira (60%) e menor em Beja (40%).

Esta análise não permite distinguir as pessoas que passaram a dedicar-se ao teletrabalho, os que tiveram de interromper a atividade profissional ou os que tiveram de permanecer em casa para tomar conta dos filhos.

  • As pessoas foram menos ao supermercado e à farmácia

As visitas dos utilizadores Google em Portugal em supermercados e farmácias desceram 59% relativamente a meados de fevereiro, depois de uma subida repentina antes de meados de março, altura em que o número de casos de COVID-19 EM Portugal começou a crescer substancialmente, assim como a hipótese de isolamento social começou a ser abordada e foram notícia vários casos de açambarcamento em superfícies superficiais.

A tendência refletiu-se pelo país todo, com Viana do Castelo a caracterizar a maior descida (68%) e Setúbal a menor (56%).

  • As pessoas deslocaram-se menos por motivos de lazer

Desde o início das medidas de isolamento social em Portugal, as deslocações para espaços como parques nacionais, praias, marinas, parques para cães, praças e jardins públicos diminuíram 80%. Porém registou-se um ligeiro aumento no fim-de-semana de 14 e 15 de março, sem chegarem próximos aos valores habituais em período normal.

O maior decréscimo registou-se na Madeira - 86%, enquanto que o menor foi em Bragança - 57% (sem dados suficientes).

No que respeita a deslocações a cafés, centros comerciais, restaurantes, museus, bibliotecas, cinemas e parques temáticos - espaços atualmente encerrados - registou-se uma descida de 83% em comparação com o período normal, tendo sido maior na Madeira (89%) e menor em Castelo Branco (81%).

  • As pessoas estiveram menos nas estações de transportes

As deslocações para pólos de transporte como estações de comboio e metro e paragens de autocarros desceram cerca de 78% em todo o país, em comparação com o período normal.

A Google não conseguiu recolher informação contínua suficiente em vários casos, sendo mais evidente nos casos de Beja e Portalegre. No entanto registou-se um decréscimo maior nos Açores - 87% e menor em Viseu - 61%.

Se deseja analisar este relatório mais em pormenor, clique em 2020-03-29_PT_Mobility_Report_en.pdf e tanto quanto possível, fique em casa ;)

Notas:

  • No site da Google, lê-se que a empresa tecnológica preparou este relatório para ajudar as populações e as autoridades de saúde públicas a entender as respostas às indicações de distanciamento social relacionadas com a COVID-19 e que o mesmo não deve ser utilizado para diagnóstico médico, fins de prognóstico ou de tratamento.
  • A Google garante que os dados são protegidos e anonimizados, num sistema semelhante ao utilizado no Google Maps.

Fontes:

cafedas10.pt