Café das 10

Brand Love: o Que É e Qual a Sua Importância

Publicado por Macro Makers em 2021-01-28 às 10:00

Brand Love: o Que É e Qual a Sua Importância

Ter um grande número de seguidores e amantes aficionados a uma marca é o objetivo de qualquer um que trabalha na área do Marketing.

Contudo, para isso temos de perceber o que significa este conceito de brand love; o que implica este estatuto; e de que forma é que pode trabalhar a estratégia da sua marca nesse sentido.

O que é Brand Love?

Amor a uma marca, traduzindo para português e como o próprio nome indica, trata-se de um conceito em que as marcas são verdadeiramente amadas pelos seus consumidores e acabam por ter um papel central na vida das pessoas. Estes conseguem criar laços emocionais com os seus consumidores, a longo prazo, levando a que essa mesma relação não permita consumir outras marcas concorrentes.

De ressalvar ainda que, brand love influencia e é influenciado por algumas variáveis como o word of mouth, brand trust, brand satisfaction e brand loyalty.  Contudo, todos estes conceitos têm diferenciações entre si, mas o que importa saber é que a construção e a manutenção da inter-relação entre estes vários conceitos é que permitirá alcançar o estatuto de brand love.

Mas quais as estratégias para alcançar esse estatuto?

Atualmente, há um crescente interesse para compreender aquilo que influencia as ligações emocionais entre os consumidores e marcas e que os leva até esse nível de brand love. É possível verificar que simplesmente satisfazer os consumidores não é o suficiente para manter o sucesso de uma marca. Assim, deixamos algumas dicas e estratégias para que possa trabalhar o seu brand love:

  • Definição da identidade verbal e posicionamento: é através da visão, missão, valores e posicionamento da marca que o consumidor irá, inicialmente, se identificar e adotar esses mesmos princípios no seu dia a dia. Por outras palavras, definir bem a personalidade da marca é o passo crucial para iniciar essa ligação e identificação com o consumidor;
  • Assumir uma responsabilidade social: cada vez mais as pessoas estão atentas aos diversos problemas sociais e mundiais. Portanto, assumir uma posição sobre determinada questão pode ser bastante positivo para a marca, pois, para além desse posicionamento ser reconhecido e aproximar o cliente à marca, dá-lhe também uma humanidade necessária para a criação e manutenção dessa mesma relação;
  • Aposte no marketing de conteúdo, nas redes sociais: conteúdo dinâmico, interativo, de nostalgia, inspiracional e/ou aspiracional são só alguns exemplos de temas de conteúdos em que deve apostar para criar relação e identificação com a marca;
  • Experiência do cliente positiva e única: a experiência do cliente quando é diferenciada e personalizada e acompanha todos os pontos de contacto com a marca, muito provavelmente esta ficará na lembrança dos clientes;
  • Esteja atento às tendências
  • Garanta que a comunicação interna é fundamentada e positiva: são os colaboradores que permitem transmitir uma imagem favorável da marca para o exterior e influenciam a opinião das suas pessoas próximas. São estes, então, uns dos principais transmissores de word of mouth. Assim, um bom ambiente dentro da empresa e a valorização de cada um dos colaboradores permitirá que os estes criem uma relação com a marca e passem uma mensagem positiva da mesma.

Portanto, este é um trabalho diário e contínuo, visto que importa que o consumidor continue sempre a compreender qual é o valor dessa relação para a sua vida.

Top 5 marcas mais amadas no Mundo

Uma boa forma de trabalhar este conceito é seguindo e analisando o que outras marcas, que já atingiram esse estatuto, fazem e comunicam. Assim, após uma vasta análise de diversos websites com estatísticas sobre quais as marcas mais amadas no mundo, conclui-se, então, que são:

  • Apple
  • Disney
  • Lego
  • Netflix
  • Nike

Fontes:

cafedas10.pt